Entenda como funciona o algoritmo do Google

algoritmo do Google

Antes de aplicar as estratégias para ranquear nas primeiras posições do Google, é necessário entender como seu algoritmo funciona, bem como suas atualizações e estratégias. Este é um grande desafio do SEO, e não faltam profissionais que tentam, diariamente, desvendar o seu funcionamento, enquanto o Google guarda seus segredos para ranquear sites.

Ao trabalhar com o marketing digital para a sua empresa, é preciso estar atento ao SEO, que é o que fará com que seu site e blog estejam posicionados nas pesquisas, aumentando a chance de atrair visitantes. E, para isso, é necessário que você entenda como funciona o algoritmo do Google, que é o responsável por analisar e classificar as páginas para apresentar os resultados mais relevantes da busca.

Diante desse cenário, algumas perguntas surgem: Por que o Google coloca um determinado site na primeira posição em vez de outros? Como ele faz esse ranqueamento? Quais fatores ele leva em conta para melhorar o posicionamento?

Mas o que é o algoritmo do Google?

Basicamente, os algoritmos são sequencias de ações executáveis, que buscam trazer a solução para um problema. No Google, o objetivo do algoritmo é ler os conteúdos presentes nas páginas da internet, indexá-las, analisar quais delas são as mais relevantes e apresenta-las na página de resultados do buscador. Para fazer isso, há um software que salva as páginas da web em sua base de dados: o Googlebot.

O que o Googlebot faz é rastrear todo o conteúdo da internet e adicionar cada um ao índice do Google. Por meio disso, é feita uma análise de diferentes variáveis (títulos, URLs e textos, por exemplo), e o resultado é uma classificação das informações disponíveis. O objetivo disso é trazer um conteúdo útil, relevante e de qualidade para o usuário no momento da busca.

Quais são os principais fatores utilizados pelo algoritmo do Google para definir a relevância das pesquisas?

A organização do conteúdo feita pelo algoritmo do Google funciona como uma biblioteca virtual, ou seja, no momento em que o usuário pesquisa por uma palavra-chave, a ideia é trazer um resultado imediatamente. É aqui que entra o SEO, pois quando o conteúdo do seu site é bem trabalhado, ele fica bem ranqueado e presente nos primeiros resultados da busca.

Isso é muito importante, porque consegue atrair mais visitantes para o site da sua empresa. E como fazer para trabalhar o algoritmo do Google a seu favor? Entendendo que, qualquer que seja a atualização feita, há três fatores que interferem na análise de relevância.

Rastreamento

O processo de mapear tudo o que está na internet e adicionar os conteúdos para a base de dados do Google é chamado de crawling. O rastreamento acontece de forma continua, pois o Googlebot busca novas URLs para indexar. A partir do momento em que elas são encontradas, o crawler do Google segue um novo caminho. Por conta disso, é essencial que você garanta que o seu site possa ser encontrado.

Mas como fazer isso? A resposta está em ter códigos e conteúdos que possam ser facilmente lidos e indexados, focando em trabalhar com HTML, mantendo o código simples e limpo, pois isso facilita o acesso do conteúdo pelo algoritmo.

Indexação

Essa etapa também ocorre de maneira contínua. Na hora em que o crawler do Google encontra novas URLs, elas são indexadas ao banco de dados. Ainda, esse processo inclui a organização dos conteúdos de acordo com o nível de relevância para os usuários. Por isso, o que mais interessa é o conteúdo, uma vez que a página é vista dessa forma pelo algoritmo.

Nesse momento, o que vale mesmo é se atentar as palavras-chave, pois são elas que mostrarão qual a relevância do conteúdo do seu site. A partir delas, os conteúdos serão organizados e apresentados ao usuário no momento da busca, quando ele pesquisar um termo especifico, mostrando todos os resultados relacionados.

Ranqueamento

Aqui, é importante entender como os resultados são ranqueados pelo algoritmo do Google. Afinal, depois de todo esse trabalho, é impossível que a entrega de resultados seja feita de forma aleatória. O foco principal é reunir todos os conteúdos que respondem ao termo buscado pelo usuário e classifica-los de acordo com a sua relevância. Portanto, o trabalho de SEO deve ser mais concentrado nesse ponto.

Além disso, o algoritmo do Google também considera as categorias de informação para ranquear um site na página de resultados. Por exemplo, se a pesquisa é muito especifica, como uma consulta sobre horários de funcionamento, ele irá mostrar se há alguma empresa perto da localização do usuário.

Gostou de entender melhor o funcionamento do algoritmo do Google? Então, você precisa conhecer também a Publinet, uma agência de marketing digital especializada em SEO, com mais de 10 anos de experiência no mercado digital, e mais de 300 clientes, com foco total em posicionamento no Google.

Ficou interessado? Então, preencha nosso formulário logo abaixo e entraremos em contato.