O Marketing Digital no enfrentamento da pandemia

Ninguém no mundo imaginou que um dia passaríamos por essa situação. Ficar longe um do outro, sem ao menos poder se cumprimentar? Nunca! E não poder sair de casa? Algo inimaginável, mas aconteceu! Foi tão de repente, inesperado, mas com confiança e determinação o pessoal foi se sobressaindo. Com um ano e meio de pandemia, as pessoas presas em casa tiveram que reinventar muita coisa, e é aí que entra o Marketing Digital, ajudando em quase tudo nessa fase difícil, duvidosa e também esperançosa.

Com tantos serviços cancelados e estabelecimentos fechados, eu faço uma pergunta, você se imagina dentro de casa sem a internet? Pois é, ainda bem que ela não “saiu do ar”, pois foi umas das coisas mais importante que continuou normalmente. Agora imagina essa pandemia nos 90, onde a internet estava avançando aqui no Brasil e pouquíssimas pessoas tinham acesso? É um tanto assustador, mas como tudo tem o seu tempo certo, essa doença tão triste chegou num momento em que muitas pessoas tem acesso a essa rede maravilhosa, que é a internet, podendo assim levar a vida do jeito que dava.

O Marketing Digital cresceu junto com a internet, aliás, eles nunca vão se separar. É até complicado de expor isso, mas a pandemia teve os seus pontos positivos, quem nunca tinha se importado com a internet começou a navegar por esse mundo encantador. As pessoas ficaram ociosas dentro de casa e a internet para muitos foi uma maneira de entretenimento, aprendizado e de trabalho. Quem adorava ir ao shopping, lojas, teve que se reinventar e fazer as comprar de forma online, através do celular, notebook etc.

As necessidades humanas a depender da internet

E agora, como vamos resolver a nossa vida? Essa deve ter sido a pergunta mais frequente no começo da pandemia. O ser humano tem as necessidades básicas que se não forem cumpridas ele não vive e nem sobrevive, como se alimentar, trabalhar e conviver em família. As necessidades humanas, segundo estudos do psicólogo americano Abraham Maslow são divididas em: fisiológicas, segurança, social, estima e auto realização.

Ainda bem que muitas dessas necessidades humanas foram atendidas através do Marketing Digital, onde a internet passou a ser o principal meio de comunicação entre as pessoas e empresas. Se a gente for analisar, quase tudo é feito com a participação da internet, até a necessidade humana fisiológica de comer, por exemplo, que através da compra online a comida chega em minutos.

A lista é grande dos benefícios adquiridos por meio da internet durante a pandemia. É claro que a vida e as situações não são iguais para todos, em meio a tantas dificuldades o pessoal foi achando o melhor caminho para seguir, digamos que estávamos no mesmo mar, mas não no mesmo barco. As pessoas que puderam passar a quarentena em casas de praia, sítios, foram tranquilas por causa mais uma vez do acesso a internet, pois de onde estavam ficavam de olho na sua casa da cidade, por meio do monitoramento online, dentro das necessidades humanas de segurança.

O Marketing Digital se fez muito presente nas necessidades humanas, principalmente na social, estima e auto realização. Em meio a tanta solidão, se sentir querido, trocar um pouco de afeto era o que a maioria das pessoas queriam, assim, muitos grupos online foram criados para as conversas de variados temas, um ajudando o outro, elevando a autoestima e pondo a criatividade pra fora. A internet mais uma vez colaborando na pandemia, ajudando as pessoas a ficarem um pouquinho mais próximas.

Quarentena, trabalho e Marketing Digital

Mas e as pessoas que precisam trabalhar, como fizeram para se sustentarem na pandemia? Novamente o Marketing Digital se fez presente, digamos, sem exageros, que ele salvou muitas vidas. Vale lembrar que o Marketing Digital são ações de comunicação que as empresas podem utilizar por meio da internet e de ferramentas como as redes sociais, sites, e-mail marketing e outros canais online, divulgando e comercializando os produtos e serviços, conquistando novos clientes e melhorando a sua rede de relacionamentos.

Para muitas pessoas a internet serviu de entretenimento, mas para muitas foi questão de sobrevivência. Mesmo quem não tinha empresa teve que virar uma, nem que essa empresa seja somente a pessoa, mas a maioria das pessoas tiveram que produzir alguma coisa e divulgar nas redes sociais, principalmente no Facebook. Vai falar que a sua boca não enche de água ao ver a postagem daquele bolo delicioso que a sua amiga vende, ou aquele hambúrguer saboroso que o seu vizinho começou a fazer? Felizmente as pessoas arregaçaram as mangas, colocaram os talentos pra fora e assim conseguiram fazer as suas vendas e ter uma renda para seguir em frente, e detalhe, para muita gente foi tão bom que não vão deixar essa forma de comercializar.

Marketing Digital, distanciamento social e talento

Sabe aquele plano que não saia do papel ou da mente? Na pandemia muitos deles foram criando forma, pois ficar tanto tempo isolado, com algumas horas livres, fez com que muitas pessoas aprimorassem seus talentos. Foram tantos canais criados no YouTube, diversas postagens no Instagram, e várias lives no Facebook, publicações essenciais para ter uma comunicação, um envolvimento, que mesmo antes da pandemia não eram tão comum.

O distanciamento social foi uma das partes mais difíceis que a Covid-19 causou, ninguém vive sozinho, nem que queira isso é impossível, pois no mundo atual precisamos uns dos outros. É bom a gente analisar e agradecer quem faz todos os dias os pãezinhos, o motoboy que faz entregas rápidas, o empresário que lança um produto útil, o cabeleireiro que deixa as pessoas bonitas, enfim, o distanciamento social veio para, além de pôr os talentos pra fora, para gerar mais humildade e reconhecimento.

Teve pessoas que juntou o Marketing Digital com distanciamento social mais o talento e o resultado foi incrível, jamais imaginado, portanto, vale investir no seu talento e aproveitar os benefícios do Marketing Digital juntamente com as horas vagas que a pandemia foi forçada a nos dar. Conviver com as pessoas de maneira online trouxe novas conquistas e um novo estilo de vida, que convenhamos, alguns aproveitaram bem.      

As pesquisas no Google não param

Se a internet já era bem utilizada, nesse momento então, nem se fala! As pesquisas no buscador Google não param e depois de quase um ano e meio de pandemia, as buscas se intensificaram com temas comportamentais e culturais. Diante dos estudos, as pessoas estão procurando por respostas que cheguem perto do que elas precisam, e a pergunta que não quer calar, “em qual fonte confiar?”, eis a questão

A página da internet Think with Google, mostra como os brasileiros estão reagindo depois de um ano de pandemia conforme as buscas digitadas. Os profissionais de Marketing Digital se aprimoraram para conseguirem atender a todos os públicos e entender o novo cotidiano. Aqui vão alguns assuntos que são mais buscados na internet: mais de 60% nas buscas por sintomas de Covid-19 em fevereiro de 2021, mais de 123% nas buscas por “fim da pandemia”, mais de 43% nas buscas por terapia, mais de 92% de buscas por delivery, mais de 66% de buscas por melhores filmes, mais de 37% de buscas por empréstimos, mais de 162% de buscas por dicas de home office.

Tanta coisa aconteceu e muitas outras vão acontecer, mas uma coisa é certa, os usuários da internet só vão aumentar, principalmente como forma de trabalho. A pandemia veio mostrar muita coisa, ela superou as expectativas até de quem não tinha. As pessoas entraram no Marketing Digital sem perceberem, mas notaram que é um caminho sem volta, ou vai me dizer que você não gosta de ganhar dinheiro expondo o seu talento? Se a pandemia não te impulsionou, não precisa se preocupar, basta só pesquisar no Google qual a melhor forma de progredir usando as redes sociais e boa sorte!

Caso esse assunto despertou interesse em contratar o serviço de SEO, entre em contato com a Publinet ou chame agora no Whatsapp